Imperio Tech agora na Amazon Appstore!

Os usuários da Amazon já podem baixar os apps da Imperio Tech! Mesmo quem não tem Kindle Fire pode se beneficiar desta novidade. Clique aqui e confira!

Os usuários de smartphones e tablets Android podem aproveitar e  baixar a Amazon Appstore em seus dispositivos seguindo as instruções da página www.amazon.com.br/baixeappstore.

Amazon

Cantar, colorir, ler livros, tocar objetos e descobrir texturas e cores são atividades excelentes para o desenvolvimento cognitivo de crianças pequenas, principalmente se incentivadas pela interação com os pais. Mas estas não são as únicas atividades capazes de impactar positivamente no crescimento de mentes saudáveis e curiosas.

O aplicativo educacional Lallalandia, desenvolvido pela Imperio Tech, oferece todas essas características, incentivando crianças de até quatro anos de idade a aprender formas, cores, números e noções sobre alimentação saudável em quatro idiomas.

Agora os aplicativos da Imperio Tech estão presentes nas principais plataformas: iOS, Google Play e Amazon!

Advertisements

7 brincadeiras que são ótimos exercícios físicos para as crianças

Vocês sabem que aqui na Lallalandia sempre incentivamos as crianças a levar uma vida saudável, combinando os jogos educativos do aplicativo (exercícios para o cérebro) com atividades físicas que fazem suar a camisa. Por isso, criamos uma lista com atividades que vão fazer os pequenos mover todas as partes do corpo e divertirem-se ao mesmo tempo.

O primeiro passo para incentivar as crianças a adotar uma vida mais ativa é esquecer o termo ‘exercício físico’. Os pais devem tentar transformar o momento da atividade física em algo lúdico e interessante, fazendo com que as crianças acreditem que estão apenas brincando.

Aqui vão as 7 melhores brincadeiras ativas para crianças de várias idades:

Percurso com obstáculos: Você pode criar um percurso divertido e muito fácil de montar no quintal, que funciona para crianças de todas as idades. O segredo é incorporar elementos lúdicos, como por exemplo, dizer às crianças que a brincadeira é uma caça ao tesouro ou uma corrida contra o tempo. Dessa forma, as crianças não irão fazer o percurso para passar os obstáculos, mas porque estão envolvidas em uma aventura.

Dicas para criar um circuito em sua casa:

-Coloque uma mesa ou um banco de madeira para passarem por baixo.

-Crie uma pista de corrida no chão usando giz ou fita e faça com que deem uma volta em bicicleta ou velocípede.

-Crie uma “corda bamba” no chão mesmo, com a mangueira de jardim.

-Coloque balões na árvore, a uma altura que faça com que eles estiquem os braços e fiquem na ponta dos pés para tocá-los ou estourá-los.

-Corte o centro de pratinhos de papel criando anéis para lançar sobre garrafas, a uma certa distância.

Bambolê com música: Bambolês já são divertidos e coloridos. Imagine então criar uma sequência de dança e bambolê 1movimentos usando o objeto! Você pode misturar música com outras coreografias, como por exemplo, pular com um pé só, tocar o chão enquanto “bamboleando” no outro braço e muitos outros movimentos. As crianças vão adorar e nem vão perceber que estão queimando calorias!

Pulando no trampolim: Você sabia que 10 minutos de saltos no trampolim é o mesmo que 30 minutos de corrida? E, vamos combinar, pular é muito mais divertido! Pois é, saltar ajuda a acelerar o desenvolvimento da coordenação motora e equilíbrio. Você pode criar uma série de movimentos diferentes como: pular e cair sentado, trazer os pés até o peito e cair de lado ou mudar a pose sempre que alcançar o ponto mais alto do salto. Essa brincadeira será um ótimo exercício para os pequenos e eles vão querer ficar muito mais tempo do que apenas 10 minutos!

1-trampoline

Movimentos de equilíbrio com bola: Conhece aquelas bolas grandes, próprias para exercício físico, muito usadas noball Yoga e Pilates? Pois bem, use a bola e crie uma série de movimentos, desafiando o equilíbrio de seus filhos. Eles podem sentar e levantar um dos pés e os dois braços, apoiar a bola com as costas na parede ou fazer a posição de “ponte”, com as duas mãos apoiadas no chão e a bola embaixo das coxas. Uma ótima forma de incentivar as crianças a fazer os exercícios é dizer a eles que é um desafio de equilíbrio, contando quantos segundos conseguem permanecer na mesma posição.

Crie um jogo com cartas: Corte papel em quadrados e escreva alguns movimentos engraçados nas cartas. Faça uma roda e comece a sequência. Cada um tira uma carta e faz o movimento que está escrito. Algumas ideias engraçadas: Imite o movimento de um caranguejo, dê chutes no ar, vá e volte da parede do outro lado da sala em um pé só. Para as crianças que ainda não sabem ler, uma ótima opção é colar figuras de animais, por exemplo, e pedir que imitem os movimentos dos bichos. As possibilidades são infinitas!

Balões de água: Essa brincadeira será sucesso total entre crianças de todas as idades. Uma maneira inteligente de usar os balões para exercício físico é enchê-los e pedir que as crianças elevem os balões em séries repetidas para cada braço, agachem e corram de um lado para o outro balão-com-águasem deixá-los cair. Após esta série, você pode até criar um alvo com giz no chão do quintal e pedir que acertem o centro com os balões. Esse exercício é uma ótima opção para dias quentes, já que temos certeza que essa água toda vai acabar fora dos balões!

Circuito para guardar os brinquedos: Após a brincadeira com os amiguinhos, o quarto fica daquele jeito, uma bagunça, não é mesmo? E sabemos que muitas vezes é uma novela fazer com que eles guardem tudinho sem reclamar. Por isso, esse último exercício vai trazer paz de espírito para os pais. Após a brincadeira, diga às crianças que é hora de guardar os brinquedos em um circuito de corrida. Para isso, é legal que você tenha aquelas caixas coloridas, próprias para colocar os brinquedos. Coloque as caixas em lados diferentes do quarto, o mais distante possível umas das outras. Determine as cores de caixas correspondentes para cada brinquedo e dê o apito inicial. Eles terão alguns minutos para guardar tudo, nas caixas corretas. O momento da arrumação será o mais divertido do dia e vai dar uma boa acelerada nos batimentos cardíacos!

Esperamos que este post inspire papais e mamães a criar uma rotina de exercícios divertida e eficaz para as crianças.

E quando se cansarem fisicamente, já sabem: Faça o download do app Lallalandia, que ajuda no desenvolvimento cognitivo de crianças de até 4 anos.

Fiquem ligados e até o próximo post!

As supermães dos novos tempos: trabalham fora, empreendem e excedem expectativas na educação dos filhos

Uma pesquisa do Instituto Data Popular traçou o perfil sobre o que acredita-se ser a mãe do século XXI. De acordo com o estudo, 60% das mães brasileiras dessa geração trabalham fora e a maioria delas é menos conservadora do que a geração anterior quando se trata dos papéis que acreditam ter na família e sociedade.

Quando se trata de carreira, um estudo desenvolvido pelo Sebrae entre 2002 e 2012 aponta que a presença das mulheres no mercado de trabalho formal já chega a 40% dos trabalhadores com carteira assinada em micro e pequenas empresas. A pesquisa mostra que o número de mulheres empreendedoras também cresceu: as que empregam passaram de 878 mil para mais de 1 milhão, o que representa um aumento de mais de 18%.

A Defensora Pública criminal Bernardett Cruz Rodrigues é uma das mães que fazem parte da estatística de mulheres com dupla rotina: filhos pequenos em casa e uma carreira profissional estabelecida. Com 16 anos de carreira e três filhos, um casal de gêmeos com oito anos de idade e uma caçula de apenas três, Bernardett diz que se esforça para desempenhar seus dois papéis da melhor forma possível.

“Graças a Deus, minha profissão me permite passar as manhãs com meus três amores. Consigo levar para a natação,image
judô e balé. Mas fico de coração partido quando as audiências demoram e eles dormem antes da minha chegada. Verdade que tenho sorte de poder contar com a ajuda de uma super vovó que supre esses momentos. Vê-los crescer e estar presente é a melhor recompensa por todo o trabalho que esse trio me dá”, diz Bernardett.

A Defensora Pública explica que nem sempre foi assim. Para passar as manhãs com seus filhos, há dois anos mudou sua rotina de trabalho.

“Fui professora de processo penal por 14 anos, mas saí da área acadêmica para poder ficar mais com eles. Adorava lecionar, mas, também, me sentia culpada por não ficar todas as manhãs com eles, principalmente, com a menorzinha Malu”.

O estudo Global Entrepreneurship Monitor (GEM), feito no Brasil em parceria com o Sebrae, em 2012, mostrou que 52% dos novos empreendedores (aqueles com menos de três anos e meio de atividade) eram mulheres.

Obviamente, não podemos afirmar que todas as novas empreendedoras sejam mães. Porém, um dos motivos apontados pelo presidente do Sebrae, Luiz Barreto, para o aumento da presença de mulheres à frente do próprio negócio é a flexibilidade de tempo que passam a ter, como proprietárias, para dedicar-se à família. Esta mesma conclusão foi tirada pelo estudo feito nos Estados Unidos, Fresh Insights on Mothers’ Attitudes and Concerns, que também aponta que 44% das mulheres entrevistadas dizem ser as principais responsáveis na casa pelo cuidados dos filhos.

Alguns diriam que a mãe moderna está mais para “mãe helicóptero” ou helicopter mom, em inglês, expressão usada para definir mães que se envolvem em praticamente todas as atividades das crianças, desde agendar encontros com os amiguinhos, levar o filho no esporte até ajudar no projeto de ciências. O que as mães dos novos tempos querem é ter tempo para tudo: trabalhar fora, oferecer a melhor educação a seus filhos e cuidar da família.

“Sou do tipo de mãe que gosta de acompanhar os deveres, a arrumação das mochilas, programar o lanche escolar da semana, enfim, de estar presente o máximo que posso”, explica Bernardett Cruz Rodrigues.

Mas, por mais que goste de cuidar de cada detalhe da rotina dos filhos, Bernardett confessa que tenta desapegar.

“Tento me policiar para orientar sem fazer as tarefas por eles. O meu “mantra” atual está sendo tentar me tornar uma mãe cada vez menos necessária. Quero que cresçam independentes, saudáveis e felizes. Sou de família portuguesa com exemplo de mãe super protetora. Mas, sei que o melhor é orientar, respeitando a linha tênue de proteger sem tolher”, conclui.

1 image (2)2

Mas quais são, afinal, as prioridades e principais preocupações das mães modernas, muitas delas com dupla rotina?

De acordo com o estudo Fresh Insights on Mothers’ Attitudes and Concerns, dentre as prioridades da maioria delas está o aperfeiçoamento de suas habilidades (também dos parceiros) na educação dos filhos, uma mídia mais apropriada para as crianças e vizinhanças mais seguras e com pessoas mais conectadas entre si.

A principal preocupação dessas mães, no entanto, não é surpresa: querem garantir educação de qualidade aos filhos e que tenham a oportunidade de estudar em boas universidades.

Desejamos um feliz Dia das Mães à todas vocês: mães brilhantes, conectadas e inteligentes.

Até o próximo post!

Crianças cada vez mais conectadas usam apps para aprender

Cantar, colorir, ler livros, tocar objetos e descobrir texturas e cores são atividades excelentes para o desenvolvimento cognitivo de crianças pequenas, principalmente se incentivadas pela interação com os pais. Mas estas não são as únicas atividades capazes de impactar positivamente no crescimento de mentes saudáveis e curiosas.

A rápida adoção de dispositivos móveis e fácil acesso à internet mudaram como as crianças da geração Z estão sendo educadas e introduzidas às primeiras letras, cores, e canções.

Um estudo da organização americana Common Sense Media sobre o uso da tecnologia por crianças de zero a oito anos nos Estados Unidos, lançado em 2013, mostra que 75% delas usam dispositivos móveis. De acordo com o estudo, o uso do tablet cresceu de 8%, em 2011, para 40%.

A pesquisa também constatou que crianças com até oito anos de idade passam 12 minutos a menos por dia assistindo televisão e nove minutos a menos vendo DVDs, em comparação a 2011. Já o tempo diário dedicado aos dispositivos móveis cresceu cinco minutos em 2013 e 38% das crianças menores de dois anos já usam tablets e smartphones, número quase quatro vezes maior que em 2011. De acordo com pesquisa do Cetic.br lançada em 2014, 12% das famílias brasileiras possuem tablets, número três vezes maior que no ano anterior.

Essas tecnologias estarão cada vez mais presentes na rotina de famílias ao redor do mundo. O que os pais devem decidir, portanto, é sobre a qualidade das atividades adotadas no mundo digital, para garantir que tragam benefícios e acompanhem o desenvolvimento de seus filhos ao longo dos anos.

O estudo feito pela organização Common Sense Media mostrou que os aplicativos mais utilizados por crianças em dispositivos móveis são educativos, seguidos por jogos, e aplicativos que estimulam a criatividade como os que auxiliam a criança a desenhar, fazer música ou manipular fotos.

Uma das qualidades essenciais em aplicativos educacionais para o público infantil é a interatividade, que faz com que a criança participe, raciocine e entenda a diferença entre os elementos apresentados. Por isso, aplicativos educacionais que desafiam a criança a tocar, transformar, contar e encaixar objetos são ótimas ferramentas para fazer do tempo livre uma oportunidade para aprender.

O aplicativo educacional Lallalandia, desenvolvido pela Imperio Tech, oferece todas essas características, incentivando crianças de até quatro anos de idade a aprender formas, cores, números e noções sobre alimentação saudável em quatro idiomas.

count

Nesse jogo a criança aprende a contar em quatro idiomas

eat

Essa atividade utiliza uma representação lúdica de vegetais e frutas, incentivando as crianças a ter uma alimentação saudável. Além disso, esta fase trabalha a coordenação motora, já que a criança deve arrastar o alimento até a boca da Lalla para alimentá-la.

Há também atividades desafiadoras como encaixar peças, jogo da memória e associar figuras às suas respectivas formas:

Montar      Memoria

Sombra

Agora que já mostramos a importância de aplicativos educacionais infantis e as vantagens que podem trazer para o desenvolvimento dos pequenos, esperamos que seus filhos aprendam muito brincando.

Faça o download da versão gratuita de Lallalandia:

AppStore  GooglePlay

Até o próximo post!